[Na Prática] Fotografando Corredeiras Em Longa-Exposição (Dica)

Buenas 🙂

Hoje eu tenho uma dica legal para você que também curte fotografar a natureza por aí, então vamos direto ao ponto:

Quando se tem água corrente (cachoeiras, rios, córregos, corredeiras ou até mesmo riachos), fotografar em LONGA EXPOSIÇÃO dá sempre um charme especial para as suas fotos. Perceba no vídeo de hoje como a água parece um véu. Eu curto demais fazer isso!

Como nossos olhos jamais vão conseguir ver isso naturalmente, fotos com esse efeito sempre causam impacto. Se ainda nunca se aventurou, recomendo fortemente.

Você pode fazer fotos de longa exposição de várias formas. Essas são algumas que a gente já comentou por aqui (clique para ver os posts completos):

 

Seja usando alguma dessas 3 técnicas aí de cima, ou qualquer outra que você conheça, é importantíssimo que você configure MANUALMENTE e de forma correta os pilares da fotografia. Veja como fiz nas minhas de hoje (na ordem de aparição no vídeo):

  • Câmera Canon 700D
  • Filtro de densidade neutra (nas 3 fotos)
  • Lente 18-135 (em 18mm) / 18-135 (em 18mm) / 10-20 (em 17mm)
  • f/7,1  ;  f/14  ;  f/5
  • 10s  /  13s  /  2,5s
  • ISO100

 

Tenha em mente que o fator MAIS IMPORTANTE por trás da fotografia de longa-exposição, é: deixar o sensor exposto por mais tempo, ou seja, velocidade do obturador mais lenta.

Sempre recebo perguntas do tipo: “qual é a melhor configuração para fotos à noite?” ou ainda “qual a melhor velocidade do obturador para as fotos ficarem com aquele efeito borrado?”. A verdade é que não existe uma configuração mágica que sirva para todas as situações. Perceba que em cada uma das minhas fotos eu usei configurações diferentes, porque os objetivos eram, também, diferentes!

Se você ainda não domina sua câmera ou acha essa questão toda de configurações dos pilares muito técnica/complicada, recomendo fortemente o nosso curso bestseller de Introdução à Fotografia Digital, clicando aqui. Temos também o curso de Fotografia Ponta-a-Ponta que pode te interessar muito, se quiser levar suas fotos para um outro nível. Clique aqui!

Um grande abraço,

Ricardo

  • jose felix de sousa filho

    valeuuu gostei super criativo com lindas fotos….

  • André Ruiz

    Tentei fazer uma foto de longa exposição há poucos dias atrás, mas acabou ficando tudo branco. Não tem jeito, acho que aí entra o filtro de densidade neutra para reduzir ainda mais a exposição, Na ocasião, o dia estava um pouco nublado, mas com muita luz: f14, 10s, ISO 100. Não deu muito certo.

    • Sem dúvida, longa-exposição durante o dia tem que deixar a abertura o menor possível (f/22, f/36) e preferencialmente usar um desses filtros de densidade neutra. Tem de vários valores também que vc acha fácil nas lojinhas da cidade

  • Erica Olive

    A cara de encabulado do Ricardo kkkkkkkkkkk
    A foto da cachoeira defintivamente é a minha favorita!

    • Hahha, driblar turistas não é o meu hobby preferido. Bacana, também curti essa 🙂

  • Diana Albino

    Ricaaaardo, Pode me dizer se uma camera compacta, com controles manuais, tais como a fujifilm finepix s5100 tem longa exposição? Já procurei na minha e não acho, ganhei a pouco tempo, então estou descobrindo um pouco mais sobre ela… Já tentei fazer sem longa exposição, mas, não dá! Nem mudando velocidade, ou até mesmo o “f”… Por favor, me ajudeeeem… kkk, Voces são incríveis! Parabéns pelas fotos!!!!!! Sou fã <3

    • se vc conseguir configurar manualmente a velocidade do obturador, consegue sim fazer. Longa exposição são velocidades mais lentas, tipo 1 segundo, 15 segundos e assim por diante 🙂