O Caminho Das Estrelas

Finalmente tive uma boa oportunidade de fazer uma fotos dessas! No post de hoje, dou um PASSO-A-PASSO e explico certinho como fiz a minha, pra você já sair fazendo as suas também por aí…

Registrar o caminho das estrelas com a rotação da terra, é uma coisa que  sempre me fascinou. A verdade é que com uma câmera na mão, você é praticamente um DEUS do tempo heheh 🙂

Tirei essa foto numa madrugada gelada na cidade de Hafslo na Noruega, enquanto tentava pegar uma aurora boreal. Acabou que a aurora foi muito fraca para aparecer na foto. Mas acabei tendo a ideia de fazer essa outra foto, já que fui presenteado com uma noite completamente sem vento e céu 100% aberto.

Você que já tentou fazer uma foto dessas antes, sabe bem o valor que é ter essas condições climáticas!

Tá afim de fazer fazer uma também? SIMPLES, você precisa de:

  1. Um Tripé ESTÁVEL
  2. Disparador remoto (algumas máquinas já vem com funções embutidas)
  3. Céu aberto e preferencialmente sem vento
  4. Breu. Procure uma cena o mais escura possível. Evite regiões muito iluminadas (cidades, vilas, etc)
  5. Paciência (MUITA)

OBS.: Muita gente PECA no passo 4. Atenção redobrada nele!

Depois:

  • Coloque sua máquina no modo MANUAL
  • Selecione a velocidade do obturador “BULB”
  • Segure o botão do disparador remoto pelo tempo que quiser (e conseguir)
    • Ou: Configure um tempo específico no disparador remoto (15min por exemplo) para que ele pare automaticamente
    • Ou: Use funções da própria câmera. Na minha Canon 700D, quando coloco no modo BULB, é só eu tocar na telinha de trás que ela começa a capturar. Para parar, é só encostar novamente.

 

Ah! Você também não precisa de um disparador remoto se quiser tirar fotos de até 30 segundos – a maioria das câmeras tem essa velocidade disponível já de fábrica. Mas sinceramente, você quer muito mais tempo que isso se o objetivo for fotografar o caminho das estrelas.

Bom, nunca casca de noz, esse aí é o meu processo. Simples, né? O mais difícil sempre foi achar um lugar pra testar. Mas finalmente consegui, hehe. Na minha foto usei essas configurações:

  • Câmera Canon 700D
  • Lente Sigma 10-20 (em 10mm)
  • f/4.0
  • 3604s (Sim, mais de 1 hora com o obturador aberto!)
  • ISO100

 

Depois de mais de uma hora capturando o céu, meus olhos esbugalharam com o resultado hahah. Estava super escuro na hora, então foi um desafio compor e pegar o foco infinito nas estrelas. Inclusive, você não precisa esperar um tempão desses pra ver se tudo está em foco ou se curtiu a composição, use ISO alto e tire algumas fotos teste até estar contente com as configurações que vai usar pra valer.

Isso aí! Fotografia é ARTE e VIDA. Se você também ama ela tanto quanto a gente, veja esse vídeo aqui. Aprenda NA PRÁTICA como configurar sua câmera para qualquer situação e tire fotos realmente sensacionais. Clique aqui!

Um abraço,

Ricardo

  • Patrick NB

    Tive problemas com o foco infinito manual. Até acertei a relação com ISO 800 – f/3.5 – 25s. Como fazer pra focar se não dá pra ver nada pelo visor ?!
    Abraço e parabéns pelo site, vídeos, etc. Ajudam bastante!

    • Sei bem como é, hehe. Sugiro tirar algumas fotos antes com o maior ISO possível pra pegar o foco corretamente. Quando achar, trave ele no manual, volte as configurações e boa! Não tem erro

  • Guilherme Gomes

    Nossa a foto ficou de esbulhar os olhos… perfeita… só uma coisa vc fala de BREU na foto mais o resultado fica uma foto nítida com as árvore bem claras a cabana e parte do seu. Como vc fez para ficar assim???

    • Ah sim, o breu que me refiro é principalmente no céu e horizonte. Você não quer tirar uma fotos dessas de mais de 1 hora de exposição com um poste na cena ou até mesmo uma cidade no fundo da composição. Os raios da luz acabam “lavando” a foto, fica bem pior. Nessa minha foto, consegui deixar bem exposta a árvore e cabana com uma luz bem fraca que ficava mais pra direta – se você olhar bem, dá até pra ver a sobra hehe 🙂

  • Márcio Ribeiro

    Perfeita a explicação, irmão. Um senão…

    “Tá afim de fazer fazer uma também?” A fim, separado. Abraço.

  • Erica Olive

    Eu consigo fazer isso com uma camera que não seja DSLR, que não seja com uma lente especifica?

    • Consegue sim. A maioria das câmeras deixa configurar os pilares manualmente 🙂

  • amigo , tenho uma 6d e nao consegui colocar ela pra ficar capturando sozinha .. e tambem nao tenho o disparador remoto .. :/ como faço ?

    • Pode ser que no seu caso, então, só com um disparador remoto ou que você fique com o botão apertado pelo tempo que quiser tirar a foto. Dá uma olhadinha no post ali, quando menciono o BULB dentro do modo Manual 😉

  • André Ruiz

    Parabéns. Desafiador. Abç.