Ponte No Meio Do Nada

Esse dia foi demais! Estava com o Rodrigo num lugar SENSACIONAL chamado Jökulsárlón, na Islândia. A natureza lá na ilha toda parece de outro mundo, impressionante… nunca vi nada parecido! Paisagens que não fazem sentido, hehe 🙂

O canal que passa por debaixo dessa ponte da foto, é por onde os icebergs flutuam até chegar no mar. Eles se soltam de um glacier mais para cima e vem boiando até as ondas da praia, que encalham eles na areia. Fantástico!

Bem, mas nessa história também tem uma parte triste. A foto que compartilho com você aqui hoje, foi a ÚLTIMA da minha antiga câmera antes de ela morrer de frio. A guerreira aguentou vários anos de muito ESBUGALHAMENTO de olhos hehe, mas dessa vez a neve foi demais para ela. Uma pena! Foi para o paraíso das câmeras…

O bacana é que eu sabia, lá na hora, que talvez essa foto em específico poderia complicar ainda mais a minha máquina (tinha muita neve caindo ainda). Mas esse era um daqueles momentos que eu queria REALMENTE capturar. Então sem pensar duas vezes, limpei a neve da lente e do corpo da câmera e mandei ver. As configurações foram:

  • Câmera 550D
  • Lente 18-135 (em 55mm)
  • ISO 100
  • f/5.0
  • 1/125

 

É isso ai, fotografia é ARTE e VIDA…. definitivamente muito mais que equipamento! Perdi uma câmera em troca de momentos inesquecíveis. Troca justa, eu acho 🙂

E você, faria a foto ou não? O que pesa mais na sua opinião: momentos ou equipamento? Me diga aqui nos comentários…

Ah, dá uma olhadinha nesse VÍDEO AQUI se você quer levar as tuas fotos para um outro nível!

Um abraço e vamo que vamo!

Ricardo

  • André Ruiz

    A foto, sem dúvida. Mesmo porque esta foi a última, mas não foi a primeira. Boa foto. Parabéns.

    • Obrigado, André. No final das contas é exatamente isso. Além de que comprei a câmera para esse tipo de situação mesmo… não faz sentido poupar em função do risco!