Grécia

Opa, não sei você… mas eu curto demais fotos dramáticas! Agora, o que será que torna uma foto dramática? Na minha opinião, o seguinte: Iluminação irregular (forte em alguns pontos e fraca em outros) Cores e tons pasteis (preto & branco também) Cenas naturalmente intrigantes (construções antigas/abandonadas, florestas, tempestades, etc) Bom, na realidade talvez estes aí sejam somente uma pequena parte do que, de fato, torna uma foto mais dramática… O fato é, eu costumo seguir pela linha dramática principalmente quando: A iluminação estiver péssima Continue lendo

Opa, não sei você… mas eu curto demais fotos dramáticas! Agora, o que será que torna uma foto dramática? Na minha opinião, o seguinte: Iluminação irregular (forte em alguns pontos e fraca em outros) Cores e tons pasteis (preto & branco também) Cenas naturalmente intrigantes (construções antigas/abandonadas, florestas, tempestades, etc) Bom, na realidade talvez estes aí sejam somente uma pequena parte do que, de fato, torna uma foto mais dramática… O fato é, eu costumo seguir pela linha dramática principalmente quando: A iluminação estiver péssima Continue lendo

Fala aí, tudo bem com você? Tá na mão de novo mais um vídeo de fotografia na prática, diretamente do campo na ação 🙂 Dessa vez, eu mostro um pouco dos bastidores de 2 das minhas fotos preferidas da Grécia. Ambas capturadas na ilha de Oia, em Santorini. Veja elas aqui abaixo: Nada mal, hein! Particularmente, eu tendo a gostar de fotos com cores mais vivas e fortes… mas neste caso, não conseguiria decidir qual das 2 versões é a preferida :S E você, consegue? Continue lendo

Fala aí, tudo bem com você? Tá na mão de novo mais um vídeo de fotografia na prática, diretamente do campo na ação 🙂 Dessa vez, eu mostro um pouco dos bastidores de 2 das minhas fotos preferidas da Grécia. Ambas capturadas na ilha de Oia, em Santorini. Veja elas aqui abaixo: Nada mal, hein! Particularmente, eu tendo a gostar de fotos com cores mais vivas e fortes… mas neste caso, não conseguiria decidir qual das 2 versões é a preferida :S E você, consegue? Continue lendo

Opa, tudo bem contigo? Nessa quinta-feira eu decidi compartilhar um vídeo que já tem aí alguns anos nas costas. Na época eu estava em Atenas na Grécia e decidi gravar um vídeo rápido para te mostrar os benefícios de se ter várias fotos do mesmo lugar, em horários diferentes. O mais evidente de todos, é, claro, a variação da luz. Você viu como o sol vai batendo em regiões diferentes da cena. Você deve ter notado também que a “temperatura da luz” vai mudando também Continue lendo

Opa, tudo bem contigo? Nessa quinta-feira eu decidi compartilhar um vídeo que já tem aí alguns anos nas costas. Na época eu estava em Atenas na Grécia e decidi gravar um vídeo rápido para te mostrar os benefícios de se ter várias fotos do mesmo lugar, em horários diferentes. O mais evidente de todos, é, claro, a variação da luz. Você viu como o sol vai batendo em regiões diferentes da cena. Você deve ter notado também que a “temperatura da luz” vai mudando também Continue lendo

Fala, fala! Bom dia para você, diretamente da capital grega Atenas! Na verdade, o vídeo já tem algum tempo… uns 2 anos para ser preciso. Sabe como é, né? Quem muito viaja, muito trabalha processando fotos depois heheh 🙂 Mas olha só, no vídeo de hoje eu mostro 3 ideias diferentes de fotografia que fiz no famoso Templo de Poseidon em Atenas, o Cape Sounion. Nelas eu explorei principalmente: Foto 1: SIMETRIA e luz intensa da tarde Foto 2: PERSPECTIVA e luz macia do entardecer Continue lendo

Fala, fala! Bom dia para você, diretamente da capital grega Atenas! Na verdade, o vídeo já tem algum tempo… uns 2 anos para ser preciso. Sabe como é, né? Quem muito viaja, muito trabalha processando fotos depois heheh 🙂 Mas olha só, no vídeo de hoje eu mostro 3 ideias diferentes de fotografia que fiz no famoso Templo de Poseidon em Atenas, o Cape Sounion. Nelas eu explorei principalmente: Foto 1: SIMETRIA e luz intensa da tarde Foto 2: PERSPECTIVA e luz macia do entardecer Continue lendo

Tá aí um dos lugares que absolutamente NUNCA vou me esquecer. A forma inusitada como esses monastérios foram construídos no topo dessas montanhas é no mínimo curioso, viu… Tivemos a oportunidade de entrar em 2 deles para turistar, e lá de dentro fica fácil notar como a vista dos cantos deve compensar todo esse esforço! Bom, as duas fotos que você vê no vídeo são as seguintes: Note que eu optei por usar a mesma regra de composição em ambos casos: golden ratio. Na segunda Continue lendo

Tá aí um dos lugares que absolutamente NUNCA vou me esquecer. A forma inusitada como esses monastérios foram construídos no topo dessas montanhas é no mínimo curioso, viu… Tivemos a oportunidade de entrar em 2 deles para turistar, e lá de dentro fica fácil notar como a vista dos cantos deve compensar todo esse esforço! Bom, as duas fotos que você vê no vídeo são as seguintes: Note que eu optei por usar a mesma regra de composição em ambos casos: golden ratio. Na segunda Continue lendo