[Na Prática] Fotografando o Vale da Morte

Tempo de leitura: 1 minuto

Calor? Quem aí gosta de calor?! MUITO CALOR…

Eu achava que gostava… até visitar o Vale da Morte bem no meio do verão e me meter a besta pelos desertos em pleno meio dia, heheheh…

Barbaridade, essa é uma experiência que eu jamais acharia possível de se sobreviver para contar a história.

Temperaturas de 50 graus para cima e ventos escaldantes 24 horas por dia.

Incrível, incrível!

O eu termômetro chegou a marcar 52 graus celsius numa ocasião… coisa de louco!

Em pensar que eu já achava ruim quando tinha que enfrentar 28 ou 30 graus aqui no dia a dia, heheh.

Lição aprendida! Bom, no vídeo de hoje eu levo você junto em parte dessa aventura pelo inferno, digo… vale da morte!

Veja só as fotos que fiz lá no Badwater Basin em pleno meio dia:

Canon 80D | Lente Sigma 10m f/2.8 | ISO100 | f/16 | 1/320
Canon 80D | Lente Sigma 10mm f/2.8 | ISO100 | f/16 | 1/500
Foto de celular

Muito top né?

Optei por deixar o horizonte curvo de propósito. Seria bastante fácil remover a distorção causada pela lente, mas acho que nestes 2 casos ela acaba agregando positivamente 🙂

E você, curtiu as fotos?

Veja então o vídeo aqui com os bastidores:

Ah! Note que eu mencionei que a temperatura era de 40 e poucos graus. Na realidade quando voltei para o carro, vi que o termômetro marcava 51 e que a sensação ali naquele ponto era de mais de 60 graus…

E sim, eu sobrevivi! Heheheh

Maravilha! Se você curte nosso estilo aqui no Cara Da Foto e quer aprender fotografia conosco, te convido a se juntar à nossa grande família de alunos!

Clique AQUI para ver por onde começar!

Um forte abraço e até o próximo,

Ricardo