[Tutorial] 4 Dicas Rápidas Sobre Iluminação Para Fotos Sensacionais

Opa, tudo certinho? Ricardo aqui de novo 🙂

Hoje quero falar rapidamente sobre uma das coisas mais importantes da fotografia:

ILUMINAÇÃO

É claro, sem ela não existe fotografia.

Agora, apesar de este assunto ser motivo de muuuitas tecnicalidades, filosofia e etc, hoje eu quero focar somente nestes pontos:

  1. Melhores horários para fotografias sensacionais;
  2. Demonstração de como poucos minutos transformam completamente a sua foto;
  3. Principais motivos pelos quais você PRECISA saber das famosas golden hour e blue hour
  4. Iluminação natural vs. flash – por que os Caras Da Foto não usam flash, NUNCA;
  5. Fotos, fotos e mais fotos de exemplo para calcificar bem o que será dito aqui hoje;

Acho que esse é o néctar do assunto 🙂

E como você que já segue o Cara Da Foto sabe, a nossa abordagem é prática e direta.

Eu, particularmente, prefiro sempre que VOCÊ mesmo(a) tire suas próprias conclusões.

Então, antes de mais nada… dá uma olhada nessa foto aqui:

cook2

Agora nessa:

mtCookSunriseNZ

Essa paisagem dispensa comentários, não é? Magnífica! É o Mount Cook, na Nova Zelândia.

Agora a pergunta que eu faço é a seguinte:

Como pode a segunda foto ser tão mais bonita e impactante que a primeira, se o lugar é exatamente o mesmo? Como?!

Simples: iluminação.

Perceba como a iluminação mudou drasticamente entre as duas fotos.

Tudo ganhou vida, principalmente as cores. Todas elas foram potencializadas pela luz dourada do amanhecer.

Agora, poucos minutos depois:

IMG_4201

Note na montanha como o sol já subiu um pouco comparado com a foto passada.

Isso fez com que a luz ficasse um pouco menos interessante. Bonita, sim, mas menos impactante.

E simples assim, em poucos minutos, a fatia de tempo para fotos sensacionais se foi.

Agora vamos para a parte mais suculenta do post de hoje…

QUANDO FOTOGRAFAR

Importante mencionar que o Cara Da Foto é um site de fotografia de viagem e paisagem, então se você for fotógrafo(a) de estúdio, o horário do dia vai ter pouco ou nenhum impacto nas suas fotos.

Dito isso, os melhores horários para fotografia de viagem e paisagem, são quando a iluminação é mais suave e dramática:

Ou seja, na:

GOLDEN HOUR (hora dourada)

SunsetIsland

balnCamboriuNascerDoSol-X3

12-apostolos

TWILIGHT/BLUE HOUR (hora azul / crepúsculo)

seattleSkyline

londres-ponte-navio1

apolloTemple-CaraDaFoto

Você vai ver mais sobre a golden hour e blue hour mais para baixo. Segura as pontas que vale a pena. Prometo 🙂

Agora, isso não quer dizer, de forma alguma, que os demais horários do dia não tenham ou seu valor ou precisem ser ignorados.

O fato é que na maioria das vezes, a luz dourada do amanhecer/entardecer deixa a cena muito mais dramática e bonita.

E é por esse mesmo motivo que a grande maioria dos fotógrafos do mundo priorizam sempre essas horas.

O PODER DE POUCOS MINUTOS NAS SUAS FOTOS

Nada melhor que exemplos para deixar claro como a iluminação, de fato, transforma uma foto em poucos minutos.

Veja as sequências abaixo mostrando o mesmo lugar com poucos minutos de diferença:

Clique para ver em tamanho maior
Clique para ver em tamanho maior
Clique para ver em tamanho maior
Clique para ver em tamanho maior
Clique para ver em tamanho maior
Clique para ver em tamanho maior
Clique para ver em tamanho maior
Clique para ver em tamanho maior

E aí, faz ou não diferença?

Lembrando que essas fotos foram capturadas no mesmo dia, com poucos minutos de intervalo.

A temperatura da luz muda… a intensidade da luz e sombras mudam… tudo muda!

Agora vamos nos aprofundar só um pouquinho, para falar sobre os dois melhores horários para fotografia.

O QUE É E POR QUE USAR GOLDEN / BLUE HOUR?

Em resumo, a famosa golden hour (ou hora dourada) é o intervalo de tempo quando o sol está próximo ao horizonte.
Como consequência disso, você tem:

GOLDEN HOUR:summer_sunset_wallclock-r52a760015c5d4b10a94a897cdb03f9ba_fup1s_8byvr_324

  • Aproximadamente entre 06 e 07hrs & 17 e 18hrs.
  • Luz dourada/avermelhada;
  • Sombras suaves;
  • Iluminação agradável e naturalmente difusa;

 

Agora, logo após a golden hour (ou antes, no amanhecer), você tem a chamada blue hour, ou hora azul, que antecede a escuridão da noite.

Esse também é um período bastante curto, mas com os seguintes benefícios:

golden_gate_bridge_on_baker_beach_at_sundown_wallclock-r229113114c144cc38176cc20fbacd628_fup1s_8byvr_324BLUE HOUR:

  • Aproximadamente entre 05 e 06hrs & 18 e 19hrs.
  • Luz azulada/magenta
  • Iluminação muito fraca e suave;
  • Mescla de iluminação natural e artificial (postes, prédios, etc);

 

A minha recomendação pessoal é que você fotografe sempre as duas, caso possível.

Inclusive, existem ferramentas hoje que você pode usar para saber exatamente QUANDO e ONDE o sol se põe em qualquer lugar do mundo, como:

  • www.golden-hour.com
  • www.photoephemeris.com
  • O aplicativo chamado: PhotoPills (nós sempre usamos, é muito bom)

 

A verdade é que uma foto (quase) sempre pode ser melhor alguns minutos antes ou depois.

Então é prudente ter todos eles salvos no seu cartão 🙂

Lembrando que hoje, aqui, estamos dando só uma passada rápida pelo assunto.

No nosso Curso Master de Fotografia e Pós-processamento temos muito mais em vídeo, na prática e com mais exemplos. Se tiver interesse em dar uma olhada, clique aqui.

POR QUE OS CARAS DA FOTO NÃO USAM FLASH

Como tudo na fotografia, não existe certo ou errado. Tudo é arte, no entanto…no-flash

Nós acreditamos que existem sim fotos mais impactantes e agradáveis que outras.

No meu gosto pessoal, a iluminação artificial na natureza JAMAIS será tão bela quanto a natural.

Ao invés do flash, nós usamos a técnica chamada time blending. Onde, basicamente, você combina em uma mesma foto, horários e iluminações diferentes de outras fotos exatamente do mesmo lugar.

(Técnica essa que também mostramos passo-a-passo no nosso Curso Master de Fotografia e Pós-processamento)

Fazendo isso, nunca precisamos de flash até hoje para capturar nenhuma das nossas fotos.

Agora, é claro que para isso, um tripé é essencial já que nesses horários a luz é mais fraca e você precisa de fotos com exatamente a mesma composição.

Ah sim! Cabe reforçar aqui, que nós temos absolutamente nada contra pessoas que usam flash e/ou pregam isso.

É uma escolha pessoal nossa, e estamos bastante contentes com nosso portfólio.

CONCLUSÃO

Apesar de nem sempre termos a oportunidade de escolher o momento exato para fotografar, fotos durante o amanhecer e entardecer podem ser consideravelmente mais impactantes e dramáticas.

Existem fotógrafos, inclusive, que nas suas viagens usam o resto do dia para programar onde estar nessas horas.

No final das contas, cabe a você mesmo(a) decidir o quão longe ir para obter a foto perfeita.

Mas note que no nosso próprio portfólio temos fotos de todos os horários do dia, para ficar claro que você pode sim fazer fotos incríveis em qualquer horário e clima.

Bom, para fechar então, vamos recaptular as 4 dicas:

  1. Experimente fotografar durante a golden hour e blue hour;
  2. Use aplicativos e/ou sites para saber quando essas horas acontecerão;
  3. Capture o diferente efeito da luz nas suas fotos, fotografando por mais tempo;
  4. Opte pela iluminação natural ao invés da artificial;

Espero que você tenha curtido e aprendido algo novo aqui hoje.

Lembre-se de passar a palavra adiante, COMPARTILHE para que juntos possamos ver menos fotos toscas e que desmerecem a realidade, hehe.bannerMaster

E se você quiser juntar-se a familia de alunos do Curso Master de Fotografia e Pós-processamento oficial aqui do Cara Da Foto, clique aqui e vamo que vamo juntos rumo as melhores fotos que já tirou na sua vida.

Um grande abraço,

Ricardo

 

  • Jonathas

    Incrível, gostei de ver como a iluminação realmente tem um impacto e tanto na fotografia. Os exemplos que foram usados para demonstração do tema são lindas. Eu sempre achei que a luz natural era melhor do que a do flash, particularmente prefiro a luz natural nas fotografias.

    • Os lugares são demais mesmo. Seria um pecado não ter capturado eles dignamente, hehe. Que bom que curtiu o post, Jonathas 🙂

  • Bruno Lima

    Seria interessante postar as fotos sem pós produção, ou todas com o mesmo preset. Porque claramente as fotos “melhores” estão com um tratamento mais pesado. E isso não é resultado da iluminação, e sim da pós-produção.