Topografia Milenar No Glacier National Park

Já perdi a conta de quantas vezes esse parque apareceu por aqui em posts meus, heheh…

A verdade é que em todos os dias que passei por lá, tirei centenas de fotos. E em cada uma delas, sinto que consigo compartilhar uma dica junto 🙂

Bem, aqui você pode passar dias fazendo apenas macros, ou panoramas, ou fotos de longa-exposição, ou time-lapses, e por aí vai…

Agora, mais importante que o lugar onde você está, é como VOCÊ o enxerga.

Dessa vez eu quis capturar esse vale (quase um canyon?) que fica logo do lado da estrada principal. Saca só de onde eu fotografei:

Clique para aumentar...
Clique para aumentar…

 

Bacana né? Agora voltando pra foto principal de hoje…

Ah sim, se você estiver se perguntando, já respondo que não, não sou eu ali de amarelo na foto, hehe. É a minha namorada capturando a mesma cena =)

A escolha de composição que eu fiz dessa vez foi mais subjetiva. Note na direita, embaixo, a corredeira levando até o centro e depois continuando até o infinito por trás das montanhas.

No processamento decidi ir no preto e branco para que as cores não distraíssem, já que o meu foco era a topologia sensacional do lugar. Fiz, inclusive, um crop para deixar a foto mais panorâmica, valorizando ainda mais a cena.

Dá uma olhada na parte técnica:

  • Câmera Canon 700D
  • Lente Sigma 10-20 (em 16mm)
  • 1/400
  • f/7.1
  • ISO100
  • Modo AV

 

Bacana, espero que tenha curtido o post. Vejo você no próximo 🙂

Enquanto isso, se ainda não faz parte do SORTUDO grupo de alunos dos cursos oficiais de fotografia aqui do Cara Da Foto, clique aqui para ver mais.

Grande abraço,

Ricardo

  • Caique Silva

    Show Man!
    tenho uma que fiz em uma ilha ! não sei se vcs vão gostar, mas tá ai !