menos de 1 minuto O caaaara da foto fica sempre muito feliz quando acorda e vê um céu cinzento! Tudo bem que em alguns casos isso pode complicar um pouco o teu turismo, mas por outro lado é sempre uma oportunidade de se fazer ótimas fotos. Isso porque, normalmente, você terá nuvens bastante salientes e iluminação difusa, ou seja, sombras suaves. O prédio preto em destaque é o John Hancock Center em Chicago, fotografado de uma roda gigante no Navy Pier. Estava um frio do caramba e Continue lendo

menos de 1 minuto Enquanto estive em Boston pude visitar vários pontos turísticos, mas confesso que o Navy Port foi um dos meus preferidos! Deixa eu contar um pouco da história desse cara pra vocês: esse porto aí é bem famoso, principalmente por ser um dos pioneiros na fabricação de navios nos USA. Hoje ele é, na verdade, uma espécie de museu gratuito, tamanha importância na cultura deles. Mas enfim, lá eu me deparei com esse fantástico navio de batalha chamado USS Cassin Young. Descobri na hora Continue lendo

menos de 1 minuto Indo em direção ao zoológico de Curitiba, me deparei com essa cena magnifica! Na hora parei o carro, montei o equipamento e já era. O contraste e riqueza das cores não me deixaram optar pelo preto e branco (que nessa situação também acho aplicável porque acaba trazendo um ar nostálgico e dramático).  Esse dilema é bastante comum, então o que eu costumo fazer é uma versão de cada e depois ver qual faz mais sentido para o momento que registrei. Continue lendo

menos de 1 minuto Quando a gente pensa em fotografias DE ou EM Nova York, se seu objetivo é tirar fotos originais, você tem grandes chances de se sentir desafiado… todo lado que você anda tem alguém com câmera! Pois bem, não distante desta realidade acima, estava eu andando pela Brooklyn Bridge quando decidi abusar dos princípios da simetria e buscar uma composição um pouco diferente desse ponto tão fotografado pelos milhares de turistas todos os dias. Veja ai o que acha do resultado! Como Continue lendo

menos de 1 minuto Vai dizer que esquilos não são criaturas extremamente carismáticas?! Pelo menos essa é a única impressão que eu tenho quando vejo um 😛 Em todo caso, esse carinha simpático ai cruzou meu caminho enquanto passeava eu pelo Grant Park em Chicago, ali perto daquele famoso “feijão cromado” (cloud gate). Na hora percebi que ele andava alguns metros e ficava nessa posição, como se estivesse rezando. Não deu outra, acompanhei por alguns metros e assim que ele fez de novo, já era! No pós-processamento, Continue lendo