O Lago Escondido

Buenas, tudo tranquilo? Bom dia para você 🙂

A foto de hoje é lá do estado de Montana, nos Estados Unidos, mais especificamente no Hidden Lake (lago escondido).

Esse dia foi bem engraçado. Quando chegamos no pé da trilha, vimos que era uma boa pernada até a vista principal, então pensamos que só valeria a pena subir SE conseguíssemos pegar o pôr de sol lá de cima. Até aí tudo bem, o problema era que o sol já estava quaaase se pondo e esse era o nosso último dia ali.

Sem muita escolha então, coloquei a mochila nas costas e subi a mil por hora com minha namorada. A galera que subia devagarinho batendo papo e aproveitando o caminho, era sumariamente ultrapassada e ficava para trás comendo poeira, hehe.

Finalmente, quando chegamos lá, o sol já nem aparecia mais no horizonte, uma pena. Mas a vista continuava sendo INCRÍVEL! Pelo menos eu achei de esbugalhar os olhos o contraste do céu com esse baita morro (+- 2.500m de altura) isolado no meio, com o lago contornando 🙂

Óbvio, peguei a câmera o mais rápido possível, porque agora, literalmente, em questão de segundos a iluminação muda completamente. Olha só com eu “li” a cena nesse tempinho aí para decidir como fotografar.  Notei que a:

  • Iluminação era cada vez mais fraca;
  • O vento era forte e vinha de frente;
  • As nuvens se moviam rapidamente por causa do vento;
  • A composição era privilegiada, ninguém apareceria na foto;

 

Com base nisso, conclui que tinha duas opções:

  1. Tirar várias fotos com exposições diferentes e combinar o melhor de cada uma depois no processamento;
  2. Fazer uma foto apenas, de longa-exposição;

Como fotos de longa-exposição são sempre interessantes para mim, a decisão entre uma das duas foi fácil. Veja, como eu estava bem posicionado lá no lugar com meu tripé, o céu tinha bastante nuvens e o vento vinha forte pela frente, sabia que as nuvens iriam deixar um borrado maneiro e que eu conseguiria pegar o pouco que restava do dourado no horizonte.

Então fui de longa-exposição mesmo:

  • f/22
  • ISO100
  • 25s de exposição
  • Câmera Canon 700D
  • Sigma 10-20 (em 10mm)

 

E boa! Depois no processamento, tive que corrigir os contrastes e balanço geral de branco para recriar a cena que vi na hora. Curti o resultado. Espero que você também 🙂

Isso aí, se ainda não faz os nossos cursos oficiais de fotografia aqui do Cara Da Foto, você está PERDENDO em deixar suas fotos muuuito aquém do que elas podem ser. Clique AQUI e entenda porque eles são os mais bem avaliados e vendidos do Brasil! Veja aqui.

Um grande abraço,

Ricardo

  • Edinho Kunzler

    Sumariamente magnífico esse registro! kkkkk

  • Paulo Motrópolis MC

    Perfeito! Estou fazendo o curso com vcs, e realmente as dicas são nota 10.

    • Show Paulo! Que venham as fotos de esbugalhar os olhos hehe