O Glacier Empoeirado

Essa foto de hoje eu tirei num glacier da Islândia, próximo de Vik – cidadezinha bem ao sul do país. O diferencial desse glacier, pra mim, é a quantidade de “sujeira”. Quase nem dá pra ver, né? hehe 🙂

Impressionante como o lugar é CHEIO desse cascalho preto, dessa areia aí. Tem por tudo! Eis, então, o memorável “Glacier Empoeirado”, hahah.

Como a maioria das minhas fotos, essa também não foi moleza. Eu e o Rodrigo saímos desbravando o lugar em busca DA foto de recordação. Depois de algum tempo andando em cima do glacier, acabei achando essas cristas que o gelo fazia, meio que apontando para o morro atrás.

Achei super difícil fotografar aqui, essa foi uma das únicas composições que curti. Tudo parece igual, principalmente vendo lá da trilha segura (que fica bem lá trás). Configurei a máquina assim para essa foto:

  • Canon 700D
  • Lente Sigma 10-20 (em 10mm)
  • f/7,1
  • 1/250
  • ISO 100

 

Depois no processamento da foto, fiquei num dilema: preto e branco ou colorido?! As duas opções ficaram boas. Acabei indo com as cores principalmente pelo azulado do gelo ali nas cristas, gostei demais! 🙂

Bom, a mensagem principal aqui hoje é que muitos dos lugares que você visita podem ser mais bonitos de outros ângulos. Cabe a você decidir se bate perna e vai atrás de vistas diferentes ou se fica junto com o resto dos turistas, tirando aquelas fotos de sempre. Eu nunca me arrependi de sair das trilhas seguras e caminhos batidos. Sempre que viável, recomendo fortemente, lógico que com muita prudência.

Já viu esse VÍDEO AQUI?! Dá uma olhada, é a apresentação do nosso curso oficial em Introdução à Fotografia Digital do Cara Da Foto. Clique AQUI!

É isso aí, um grande abraço,

Ricardo

  • André Ruiz

    Rapaz…. depois de pronta, não dá pra entender qual era a dificuldade. Bela foto. Muito boa mesmo.