América do Sul

2 minutos Opa, bom dia! Dessa vez eu levo você nos bastidores de uma viagem que fiz  há mais um menos um ano para o Chile. No vídeo, eu mostro algumas das fotos que capturei por lá e também um dos lugares que escolhi. O fato é, não importa se o dia é ensolarado, chuvoso ou se você está debaixo de um céu estrelado ou cercado de prédios, você SEMPRE pode fazer fotos incríveis quando se usa do que chamamos de “olho fotográfico”. Inclusive, Continue lendo

1 minuto Consegue sentir? Não?! Não consegue sentir o delicioso cheirinho do episódio novo das EDIÇÕES RELÂMPAGO que acaaaba de sair do forno? Heheheh 🙂 Esse episódio ficou especialmente legal, porque decidi pegar um retrato para variar um pouco. Algumas pessoas pediram e eu pensei: “por que não?!” Então aí está o resultado: Curtiu? Nossa modelo certamente disse que sim! Mas sabe como é né, ela sendo minha namorada a opinião é um pouco tendenciosa, não acha? Heheh 🙂 Ah! Essa foto foi capturada Continue lendo

3 minutos Opa, tudo tranquilo com você? Hoje eu tenho esse retrato bacana para compartilhar contigo e dar algumas dicas de brinde. A modelo do dia é a Mara, minha namorada. Nós estávamos em Balneário Camboriú por alguns dias e ela teve a ideia de visitar o Cristo Luz, que tem uma vista panorâmica da cidade. Fomos mais perto do final do dia pensando em talvez ver as luzes da cidade acendendo junto com o sol poente. Foi bacana! Agora seguinte, nesse dia eu Continue lendo

1 minuto Amanhecer e pôr do sol: o horário preferido de todo fotógrafo de viagem e natureza! E isso não é por nada, como você já sabe… A golden hour (hora dourada) simplesmente banha a paisagem com uma luz incrivelmente linda do sol. Um efeito impossível de se obter mais tarde (ou cedo) durante o dia. Enfim, faaaaala aí colega apaixonado pela fotografia. Tudo em cima? =) Hoje saiu do forno o quinto episódio das épicas EDIÇÕES RELÂMPAGO! Dessa vez nós obtivemos esse resultado: Continue lendo

1 minuto Acabou de sair do forno o quarto episódio das edições relâmpago \o/ Dessa vez eu peguei uma foto daquelas “ah… é só mais uma foto no álbum” e dei um tapa artístico para chegar num resultado quase irreconhecível. Veja só aqui de onde partimos e onde chegamos: E aí, melhor ou não? Inclusive, partir para uma linha mais artística (como sépia, por exemplo) é sempre uma decisão difícil. Por quê? Porque quase sempre você precisa comprometer a foto em algum aspecto. Seja Continue lendo