Dicas NINJAS Para Congelar Movimento Nas Suas Fotos

Buenas!

Hoje eu decidi usar uma foto desse geyser islandês como exemplo para te dar algumas dicas, porque a situação foi realmente bem bacana. Essa nascente ficava pulsando por alguns minutos e depois entrava em erupção, numa sequencia fantástica de estágios. Então a janela para fotografar é super curta.

Essa foto é dos primeiros estágios, quando o jato de água quente ainda está se formando. Jato esse que costuma atingir 30 metros!

Bem, em situações como essa, se o seu objetivo for congelar o movimento das coisas (como o jato de água, por exemplo), você quer prestar muita atenção na VELOCIDADE DO OBTURADOR. 

  • O princípio aqui é super básico: quanto maior a velocidade do obturador, mais estáticos os objetos da sua foto ficarão. Logo, quanto menor a velocidade, mais borrados os mesmos objetos sairão nas fotos.

 

Note que não existe um padrão definitivo que você possa seguir sobre o que é rápido suficiente ou lento demais. Agora, se você está completamente perdido, talvez essa relação básica e rápida que eu fiz aqui embaixo possa clarificar um pouco como as coisas funcionam, essencialmente, nas velocidades mais comuns.

Mas hey, nem pense em imprimir isso e usar como regrinha. Como eu disse, NÃO EXISTE regra absoluta,  esses são números que EU costumo considerar (meio que inconscientemente) depois de bastante prática:

  • Velocidade do Obturador entre 1/6 e 1/50 = Velocidade Lenta
    • Chance considerável de fotos borradas ou tremidas em situações parecidas com essa do post.
    • Pode ser uma boa faixa de velocidades para fotos artísticas, tipo cachoeiras com efeito de véu, faróis de carros à noite, e etc.
    • Sugiro uso do tripé. Principalmente nas velocidades próximas a 1/6, fotografar segurando a câmera com as mãos pode ser desafiador, qualquer tremidinha afeta a nitidez da foto!
  • De 1/60 a 1/125 = Velocidade Média
    • As fotos costumam ser mais nítidas, mesmo sem uso de tripé, mas dificilmente vão congelar movimentos mais rápidos.
    • Faixa bacana para fotos de pessoas e animais; tem grande chance de ficarem nítidas (desde que não estejam se movimentando muito)
  • De 1/200 a 1/800 = Rápida
    • Velocidades legais para congelar objetos/pessoas/animais que estejam se movimentando rapidamente.
    • Bacana para congelar água corrente, carros em movimento, esportes e etc.
  • De 1/1000 em diante = Super rápida
    • Grande chance de fotos bem nítidas e com movimentos congelados.

 

Note que esses números jamais devem ser levados em consideração sozinhos. A abertura do diafragma e sensibilidade do ISO são igualmente importantes! E lógico, dependendo do resultado que você quiser criar nas suas fotos, essa relação de velocidades e aplicabilidades pode ser completamente diferente e contrária. Se tudo isso parece GREGO para você, dá uma olhada nos nosso curso oficial de Introdução à Fotografia Digital que cobre na prática e com exemplos, tudo aquilo que você precisa para dominar seu equipamento e capturar fotos SENSACIONAIS! Dá uma olhada clicando AQUI.

Bem, no caso da minha foto de hoje, percebi que o jato era super rápido, então decidi usar uma velocidade de no mínimo 1/2500. Talvez se eu estivesse mais interessado em um grupo de pessoas pulando ali perto, escolheria uma velocidade um pouco menor, algo em torno de 1/500 ou 1/800.

Ah sim, os modos semi-manuais (como o TV nas Canon) podem ser uma boa quando se começa. Você só escolhe a velocidade do obturador e a câmera calcula os outros pilares por você. É uma forma legal de treinar e fixar bem a ideia 🙂

As configurações da foto foram:

  • Canon 550D
  • Lente 18-135 (em 36mm)
  • ISO400
  • f/7,1
  • 1/3200

 

Um abraço,

Ricardo

  • José fernandez Garcia

    Realmente uma foto espetacular, num momento certo e muita perspicácia, não é para qualquer um… parabéns.
    A propósito, sou louco por fotografar…
    11-34203114 fixo
    11-28891600 fixo
    11-991532663 claro
    11-953601831 tim

  • Adimir da Silva

    Caras. Aumentando esses parametros de velocidade e abertura, nunca notei ninguém comentar q as fotos ficam escuras, justo q vejo que se usa velocidades altas e as fotos estão perfeitas. Boiando aqui. Se puderem mencionar esse caso agradeço.

    • Hmm, eu diria que a chave nessa questão aí é a cena fotografada. Cada lugar e momento vai pedir uma configuração diferente. A foto desse post é um bom exemplo disso: se a cena estivesse com menos luz ambiente, jamais conseguiria esse resultado usando as configurações que usei. Eu teria que abrir mais o diafragma ou reduzir a velocidade do obturador ou ainda aumentar o ISO 😉

      • Adimir da Silva

        Por isso devemos estudar a cena como um todo? Já estive em lugares q em determinada hora não rendeu como nas anteriores. Axo q minha pergunta e quase uma afirmação. Mas td bem. Hauhauahahs

  • Rui dias

    vcs. são. ninja. mrsmo

  • Troglo Sauro

    Ricardão, ficou MASSA!! ABRAX

  • Mendes Júnior

    Muito show, assim como todas as fotos de vocês, parabéns!
    Cadê a foto para download? Abraço!

  • Eneida

    Simplesmente Linda!!!!! Como já disse antes para vcs, não sou profissional, não tenho técnica, mas AMO fotografias, e para mim (leiga) o que define uma foto boa é aquela que prende a atenção da gente, que a gente para para olhar e aquela que é agradavel aos nossos olhos. E essa foto é show!! Parabéns!!! E sempre aprendendo com as dicas de vcs! Abçs!

    • Maravilha Eneida. Obrigado por compartilhar conosco sua opinião. Um grande abraço nosso =)

  • Sergio

    Ricardo gostaria de saber por que parece que na foto há movimento da água se o obturador estava em 3200?

    • Provavelmente por que essa água literalmente explode pra cima numa velocidade muito alta! 🙂

  • José Abdias Leal

    Não gostei da imagem

  • claudio quevedo

    Muito bonita foto, vou para praia e tentar clicar as ondas numa vel obt de suas dicas.

    • Show, manda pro nosso email.. quem sabe ela passa também pelo famoso Fator de Esbugalhamento

  • Dáphine

    E para apresentações de dança e shows? Quais configurações devem ser usadas?

    • Aquela relação ali em cima pode te ajudar nessa dúvida 🙂
      Mas olha só, o ideal é que você entenda os 3 pilares e como eles funcionam, depois disso vc consegue achar a melhor configuração pra QUALQUER situação que vc se deparar. Pra isso, já viu esse vídeo aqui: http://intro.caradafoto.com.br/intro

  • Thiago Oliveira

    Eu tenho uma T5 e tenho dificuldade para congelar um objeto, devido a esta variação entre obturador, abertura e ISO. Quando aumento a velocidade para congelar a imagem, coloco a abertura no máximo da minha lente (5.6), e a foto ainda sai escura. Onde estou errando?

    • Opa, na realidade são 3 pilares que vc precisa configurar para toda e qualquer foto. Ajustando somente a velocidade do obturador n eh suficiente. Recomendo nosso curso de Introdução a Fotografia Digital se tiver interesse. Lá cobrimos tudo isso em video, na prática e com exemplos: http://intro.caradafoto.com.br/intro