[Dica] Crepúsculo Na Cidade Da Chuva

Opa, tranquilo? Bom dia =)

Essa foto de hoje eu tirei em Seattle, nos Estados Unidos.

Recentemente tive a oportunidade de passar alguns dias “turistando” por lá, e ,realmente, a famosa rain city (cidade da chuva) é sensacional para fotografia. Inclusive, percebi que por lá, amostras e galerias públicas de arte são super comuns e bem frequentadas. Algumas pessoas dizem que Seattle é também a capital da cultura do país, vai saber…

Um dos principais pontos turísticos de lá é o Space Needle, que você já deve ter visto em algum lugar. É uma torre de formato estranho: parece uma agulha com um disco voador fincado na ponta. Em breve você verá algumas fotos que fiz de lá também =)

Mas enfim, a DICA de hoje é a seguinte:

  • Fotografe durante o CREPÚSCULO

 

Não, eu NÃO estou me referindo ao filme dos vampiros purpurinados lá! Ha…ha…ha, ok, ok. Eu tinha que falar isso, hehe.

Veja, o crepúsculo é aquele instante que vem logo após o pôr do sol e antes do nascer. Perceba na foto, que o sol já não aparece no horizonte, mas a iluminação é magnífica! Você tem o céu escuro (e as vezes estrelado) em cima, e dourado na linha do horizonte.

Fotos feitas nesses horários já tem grande chance de serem esbugalhadoras só por esse fator. E por que, então, não aproveitar também que geralmente este é o horário em que a iluminação da cidade começa a ser ligada, e pegar as duas coisas na mesma foto?

Bacana, heim?! E já que vai fotografar postes, carros e demais luzes acessas:

  • Aproveite a baixa luminosidade para exposições mais lentas

 

Como se a cena já não estivesse maneira o suficiente com o efeito do crepúsculo, some os riscos dos faróis e luzes estreladas dos postes. E o melhor de tudo, é que você pode fazer isso em QUALQUER LUGAR. O resultado fica igualmente impressionante. Faça o teste e comprove =)

Usei essas configurações da foto:

  • Câmera Canon 700D
  • Canon 18-135 (em 36mm)
  • ISO100
  • f/18
  • 30s

 

Claro, recomendo fortemente que você use um tripé ou apoie a câmera em algum lugar para fazer isso. Você não quer fotos tremidas ou fora de foco, não é?!

Isso aí, espero que tenha curtido o post de hoje! E se ainda não faz parte dos nossos cursos oficiais de fotografia aqui do Cara Da Foto, clique aqui e veja por que eles tem ajudado milhares de pessoas tirarem as fotos que elas realmente querem tirar. Clique aqui!

Um abraço e até a próxima,

Ricardo

  • Thiago Sawiski Lamin

    he,he,,,,esta foto é de saltar os olhas das orbitas…perfeita,,abraços

  • André Ruiz

    Muito legal. Sou louco pra fazer uma foto assim numa rodovia ( Anchieta ou Imigrantes – SP ). Só que ainda não encontrei nenhum lugar que ao mesmo tempo me dê uma composição bacana e que seja um lugar seguro, que eu não corra o risco de ficar sem a foto e sem a câmera. Rss.

    • Bem verdade, tem que ficar ligado. Mas nesse dia eu deixei a arte falar mais alto que o juízo, afinal, digamos que entrar num terreno baldio mal iluminado, com capim alto e cercado de moradores de rua não é meu hobby preferido, hehe 🙂

  • André Ruiz

    Fotos assim, ainda que esteja um pouco mais escuro, sempre são muito bonitas. A forma que você pegou o traçado da avenida foi determinante na composição da foto. Fez a diferença. Parabéns.

  • Rainilde Back

    Nossa!!! Que lindo! Wonderful!!!

    • Legal que gostou, Rainilde. Obrigado pelo feedback =)

  • Nuno costa

    Espetacular .

  • Rômulo Lessa

    Bela foto, muito legal essa longa exposição, mas tira uma dúvida pra gente, nessa exposição de 30 s foi utilizado algum filtro ND por exemplo?

    • Já estava bem escuro, então com o diafragma mais fechado nem precisei de filtros

  • Renata Bastas

    Realmente a foto é linda demais.
    Com as dicas, vou tentar tirar assim também.
    Parabéns.

  • Paulo Motrópolis MC

    Perfeita!!!